Fotos de Itatiaia, Serra da Mantiqueira, Rio de Janeiro

Trilha do Morro do Couto no planalto de Itatiaia

Fotos de Itatiaia, Fotografia Profissional no Parque Nacional de Itatiaia, Rio de Janeiro

FOTOS DE ITATIAIA

Fotos de Itatiaia na Serra da Mantiqueira, Rio de Janeiro

Entre as várias regiões de montanha que adoro, devo admitir que Itatiaia, na Serra da Mantiqueira, ocupa um dos primeiros lugares no meu coração. Fotos de Itatiaia se tornaram uma paixão desde a primeira vez que conheci o Parque Nacional. As possibilidades de fotos de Itatiaia são quase infinitas, já que o parque tem uma parte baixa, com Mata Atlântica verde exuberante, rios, cachoeiras e uma diversidade incrível de aves, e também uma parte alta, com trilhas de montanha, travessias e escaladas em rocha de todos os níveis. Perfeito para os amantes de aventura, fotografia, trekking, hiking e escalada!

Fotos de Itatiaia, Parte Baixa

Para quem vai do Rio de Janeiro para Itatiaia, a melhor forma de chegar é a Rod. Presidente Dutra (BR-116) saindo pela direita na altura do Graal Itatiaia. Da Zona Sul do Rio até a portaria da parte baixa leva em torno de 3 horas de carro. É possível ir e voltar no mesmo dia, mas existem vários hotéis dentro e fora do parque, o que pode tornar a viagem mais agradável. Em fotos de Itatiaia na parte baixa podemos explorar principalmente a Mata Atlântica e suas cachoeiras, assim como sua flora e fauna (insetos, aves, pequenos mamíferos etc) exuberantes. As principais atrações são o Mirante do Último Adeus, Cachoeira da Maromba, Cachoeira do Véu da Noiva, Cachoeira Itaporani, assim como o comedouro de aves do Hotel do Ypê, sempre com muita atividade. Aqui vale a pena levar uma lente longa (pelo menos 300mm), já que os passarinhos dão muito mole, e também um tripé, para garantir uma boa nitidez nas cachoeiras!

Fotos de Itatiaia, Parte Alta

Na parte alta, esteja preparado para pegar um pouco mais de estrada. Da Zona Sul do Rio de Janeiro até lá são bem umas 4:30 horas e a saída da Dutra é outra, uns 15 minutos mais para frente, depois do pedágio de Itatiaia. A subida da serra que leva pra Caxambu é demorada e cansativa, assim como a estradinha de terra em más condições que leva pro Posto Marcão (na entrada da parte alta). É a estrada mais alta do Brasil, fique atento aos belos mirantes que existem nela, especialmente bonitos no nascer e pôr do sol, em geral as horas que estamos entrando ou saindo do parque.

Ir e voltar no mesmo dia para fazer fotos de Itatiaia é muito cansativo, não recomendo. Neste caso, vale a pena ficar no Abrigo Rebouças (dentro da parte alta do parque, reservas com antecedência pela internet) ou em um hotel do lado de fora. No verão, chuvas são comuns no planalto e é muito importante ter cuidado com tempestades. A temporada principal de montanhismo em Itatiaia é mais no meio do ano, no período mais seco (Abril/Maio até Setembro/Outubro). O frio que faz lá em cima não é brincadeira, chegando a -10º C em condições extremas no inverno. Não é nada difícil encontrar gelo nas trilhas, nos carros e pequenos lagos congelados. Vá bem preparado, com sacos de dormir super quentes, luvas, segundas-peles, o aparato completo. Para fotógrafos, recomendo luvas finas para fotos de Itatiaia, para proteger um pouco do frio e não perder a sensibilidade com a câmera. Luvas especiais com “touch” na ponta dos dedos são ótimas para usar o celular ou câmeras com esta tecnologia.

As principais atrações da parte alta do Parque Nacional de Itatiaia são o Pico das Agulhas Negras (o mais alto do estado, com 2791m), o Pico das Prateleiras (2548m), a Pedra do Altar (2665m) e o Morro do Couto (2680m). As trilhas variam de nível moderado até avançado, e algumas precisam de equipamento de escalada e guia profissional. Há também várias outras trilhas e travessias que ainda quero explorar. É um local delicioso para fotógrafos, que mistura condições extremas de montanha, natureza espetacular e infinitas possibilidades de fotos de Itatiaia. Na galeria abaixo vai uma amostra do que já fiz por lá, espero que gostem!

Highline in Rio de Janeiro, Tijuca Forest, Pedra da Gávea

HIGHLINE IN RIO DE JANEIRO

Slackline in Rio de Janeiro, Brazil

Highline in Rio de Janeiro, Pedra da Gávea, Feliciano Marques on the first sun light at dawn!

Highline in Rio de Janeiro, Pedra da Gávea, Tijuca Forest

Highline in Rio de Janeiro has been one of my recent obsessions. This city is so amazing for highliners, with so many breathtaking mountains and insane scenarios. One of my favorite is, of course, Pedra da Gávea mountain, the best for highline in Rio de Janeiro. This huge granite mountain is Rio’s toughest hike, taking around 2-3 hours to the top. It’s summit stands at 844m/2770ft of altitude and offers the most amazing view to both South and West sides of town. On the way up there’s a short rock climb, very easy and quick for the experienced, you don’t need climbing gear, it’s just a scramble aprox. 15m/45ft long and always positive. A couple of years ago when shooting photos of Highline in Rio de Janeiro also in Pedra da Gávea, I got to know the folks from Nação Cadena, a brazilian highline team. They are great athletes from all around the country and I’ve been tracking them ever since. Last weekend the mission was to go again up to Pedra da Gávea and spend the night on the top, for some sunset and sunrise photos of highline in Rio de Janeiro. Carrying tons of photo gear, water and food was no easy task, but definitely worth it. I was able to get some amazing shots of highline in Rio de Janeiro during the sunset, then a few more using a side flash when the dusk came. During the night, which I spent with my lovely girlfriend under the stars, I shot some night pics from above the city while thinking of the sunrise to come. The result was great and I could get some perfect images of the 3 highline in Rio de Janeiro lines. One of them faced the West side of town, and the two others faced the south. Perfect light on both sides, all perfect, the feeling is so awesome! Check my gallery below for some photos of highline in Rio de Janeiro, hope you like it!

Highline in Rio de Janeiro tem sido uma das minhas obsessões recentes. Essa cidade é tão incrível para a turma do slackline, com tantas montanhas e cenários deslumbrantes. Um dos meus preferidos, claro, é a Pedra da Gávea, a melhor para highline in Rio de Janeiro. Essa montanha enorme de granito é a trilha mais pesada do Rio de Janeiro e leva aprox. 2-3 horas até o topo. O cume fica a 844m de altitude e a vista é incrível para a Zona Sul e Zona Oeste da cidade. Na subida, passamos pela famosa Carrasqueira, um trecho de pedra fácil para quem tem experiência, não precisa de equipamento de escalada. Dois anos atrás, quando eu estava na Pedra da Gávea fazendo fotos de highline no Rio de Janeiro, conheci a turma do Nação Cadena, uma equipe de highline brasileira com vários integrantes. São grandes atletas e desde então fiquei no pé deles, acompanhando várias missões e rendendo altas fotos! Na semana passada a missão foi subir a Pedra da Gávea de novo, desta vez para passar a noite no topo e pegar cliques no pôr do sol e no nascer do sol. Subir a trilha da Pedra da Gávea com toneladas de equipamento fotográfico, água e comida não foi fácil, mas com certeza valeu a pena! Consegui algumas fotos incríveis de highline in Rio de Janeiro durante o pôr do sol e logo em seguida usando um flash lateral, quase sem luz nenhuma mais. Durante a noite, que passei com minha linda namorada sob as estrelas, fiz algumas imagens boas da cidade vista de cima e quase não consegui dormir pensando nas fotos da próxima manhã. O resultado ficou sensacional e a luz foi perfeita, nas 3 linhas armadas, duas de frente pra Zona Sul e a linha clássica, de frente pra Barra da Tijuca. Consegui pegar o Feliciano Marques no primeiro sol do dia, acho que é minha foto preferida de highline in Rio de Janeiro. Veja minha galeria abaixo, espero que goste. Deixe seu comentário!

Rio de Janeiro Highline e Slackline

Slackline and highline in Rio de Janeiro, Brazil

Rio de Janeiro highline e slackline! Os melhores picos do Rio de Janeiro, Brasil!

Sempre fui apaixonado por fotos de natureza e esportes de aventura. Morando no Rio de Janeiro, com altos picos e montanhas, um esporte que chamou minha atenção recentemente foi o slackline e sua derivação mais radical, o highline. Tudo começou um dia no topo da Pedra da Gávea, quando soube que uma galera de Minas Gerais vinha aí armar um highline lá no alto. Subi a Pedra mesmo com muita nuvem vindo de sudoeste (chuva na certa) e foi quando fiquei impressionado com a habilidade e disciplina dessa galera. Armar o highline já é uma aventura em si, com um rapel insano ou outro. Mas o que chama a atenção mesmo é o cuidado com a segurança, o equilíbrio e a sagacidade corporal, e também a disciplina mental e concentração para encarar o desafio. Qualquer esporte que envolva essas características merece muito meu respeito! Desde então fico caçando essa rapaziada nas montanhas do Rio de Janeiro, sempre rendendo altas fotos! Curtas minha galeria de Rio de Janeiro Highline e Slackline!

I’ve always been crazy about wildlife and adventure sports photography. Living in Rio de Janeiro, surrounded by mountains and rocky peaks, one sport that caught my attention was the slackline, specially it’s most extreme variation, the highline. It all started one day on the top of Pedra da Gávea, when I heard some guys from Minas Gerais were coming to set a line up there. So there I went, even with a heavy cold weather rolling in (rain for sure!) and that’s when I got amazed with their skills and discipline. Setting up the highline is an adventure in itself, with a few insane rappels. But what really amazes me is their extreme care with safety procedures, highly skilled body balance and mental attitude and focus. Any sport that brings these features together deserves my full respect and appreciation! Since then I’ve been hunting those guys all around Rio de Janeiro, pics are always rewarding. Check out my Rio de Janeiro Highline e Slackline gallery!

Rio de Janeiro Stock Photography

Besides going on specific jobs I also put a lot of effort into Rio de Janeiro stock photography. I’ve been working with two of Brazil’s biggest image banks for the last 10 years and published hundreds of photos in the most important and diverse medias of my country. My stock photography has also been published in National Geographic Traveler with a double page of a hang glider in Rio de Janeiro. Over the last 10 years, going all around my hometown, I’ve built a big image bank of Rio de Janeiro, with many different subjects available, but my focus always being on outdoor activities, landscape and nature photography.

Banco de Imagem do Rio de Janeiro

Além de trabalhos específicos, também me esforço para construir um banco de imagens do Rio de Janeiro. Venho trabalhando com duas das maiores agências de imagens do Brasil por 10 anos e já tenho publicadas centenas de fotos nos maiores e mais diversos meios do país. Fotos de meu banco de imagens já foram parar nas páginas da National Geographic Traveler, com uma página dupla de um voo de asa-delta. Nos últimos 10 anos, indo pra todos os cantos da minha cidade natal, construí um amplo acervo de fotos do Rio de Janeiro, com vários assuntos disponíveis, mas sempre com foco em fotografia de esportes radicais, atividades ao ar livre, paisagens e natureza.

Fotos de Esportes Radicais no Rio de Janeiro

Fotos de Esportes Radicais no Rio de Janeiro

Adventure sports photography in Rio

Rappel in Morro Dois Irmãos during the sunset, amazing view in Rio de Janeiro, Brazil!

Fotógrafo profissional de aventura e outdoors no Rio de Janeiro!

Fotos de esportes radicais no Rio de Janeiro, Brasil. Fotógrafo carioca especializado em aventura, natureza e atividades outdoor. Workshops, fotos de arquivo e aulas particulares. Fotos de highline, montanhismo, trekking, hiking, voo livre, slackline, rapel, canoagem, surf, bodyboard, paisagens, unidades de conservação, animais, florestas, entre muitas outras. Entre em contato para encomenda de jobs, projetos e fotos de esportes radicais no Rio de Janeiro! Vitor Marigo é fotógrafo profissional especializado em fotos de esportes radicais no Rio de Janeiro. Esportes de aventura, montanhas e atividades radicais.

Adventure and outdoors photography in Rio de Janeiro!

Adventure sports photography in Rio de Janeiro, Brazil. Carioca photographer who specializes in adventure photos, outdoor and wildlife photography. Workshops, stock photos and private lessons. Photos of highline, mountaineering, trekking, hiking, free flight, slackline, rappel, canoeing, surf, bodyboard, landscapes, preservation units, wildlife, forests, among many others. Get in touch for new jobs, projects and adventure sports photography in Rio de Janeiro!

Rio de Janeiro Birdwatching, Parque Nacional de Itatiaia

O Estado do Rio de Janeiro possui diversos parques e áreas de proteção, ideais para fotos de aves e birdwatching. O Parque Nacional de Itatiaia é um dos melhores locais para observação de aves no Rio de Janeiro, rico em Mata Atlântica e Campos de Altitude. No final de março deste ano levei minha turma de fotografia de natureza lá para uma aula prática, foi ótimo. Todas as fotos de aves na minha galeria abaixo foram feitas nos entornos do Hotel do Ypê, que coloca frutas em comedouros de manhã cedo, e assim atraem muitas aves. Embora não seja ideal para o fotógrafo de natureza clicar as aves nos comedouros, ao se aproximarem elas pousam em diversos lugares, criando muitas situações de fotos naturais. Os animais na galeria são, repectivamente: Araçaris-banana, Ferro-velho, Coleirinho, Beija-flor-rubi, Tecelão, Sebinho ou Cambacica, Beija-flor-de-fronte-violeta, Saíra-sete-cores, Tietinga, Tico-tico, beija-flores diversos e Sanhaçu-cinzento. As fotos foram feitas com Nikon D3X e lentes 70-200mm 2.8 e 400mm 2.8, além de teleconverter 2x. Espero que goste! Entre em contato para saber mais sobre fotografia de aves e Rio de Janeiro birdwatching!

Atlantic Rainforest Birdwatching in Brazil

The State of Rio de Janeiro has many parks and protected areas, perfect for bird photography and birdwatching. Itatiaia National Park is one of the best places for birdwatching in Rio de Janeiro, rich in Atlantic Rainforest and Altitude Fields. By late March this year I took my wildlife photography students there, it was a very productive day. All birds in my gallery below were photographed around Ype Hotel, which places fresh fruits on feeders every morning to attract the local fauna. Though it’s not ideal for a wildlife photographer to shoot birds on feeders, it creates a lot of action and allows for many natural photos all around. Birds below are (respectively): Saffron Toucanets, Chestnut-bellied Euphonia, Double-collared Seedeater, Brazilian Ruby, Golden-winged Cacique, Bananaquit, Violet-capped Woodnymph, Green-headed Tanager, Magpie Tanager, Rufous-collared Sparrow, different hummingbirds and Sayaca Tanager. My pics were shot on Nikon D3X with 70-200mm 2.8 and 400mm 2.8 lenses with a 2x teleconverter. Hope you like it! Contact me if you are interested in wildlife photography and birdwatching in Rio de Janeiro!

Fotos do pôr do Sol no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro rende altas fotos em qualquer hora do dia. Não acredito totalmente naquela regra de que a melhor luz é a da manhã e a do pôr do sol. No entanto, neste post estou focando em fotos do pôr do sol, uma das “horas mágicas” da fotografia, que junto à paisagem típica do Rio de Janeiro, rende imagens pra lá de maneiras. Alguns dos melhores locais para curtir o pôr do sol no Rio de Janeiro são as praias de Ipanema e Arpoador (o sol normalmente cai atrás do Morro Dois Irmãos), a mureta da Urca (o sol se põe atrás do Corcovado, não esqueça de tomar uma cerveja) e o Pão de Açúcar (talvez o melhor, com o sol se ponto atrás das montanhas da Floresta da Tijuca). Para fotografia no pôr do sol têm sempre uns dias que são melhores que outros. Um dia totalmente nublado não rende as fotos clássicas, mas também dá pra tirar resultados interessantes. Os meus dias preferidos para fotos do pôr do sol (e outras) são aqueles 2 dias depois que a frente fria vai embora. Normalmente a atmosfera fica cristalina, com visibilidade de centenas de quilômetros, ainda com nuvens no céu que ajudam na composição. Lá em baixo coloquei uma galeria com minhas fotos do pôr do sol no Rio de Janeiro, espero que gostem!

Sunset photos of Rio de Janeiro

Rio de Janeiro is great for photos at any time of the day. I don’t entirely believe in the “magical hours” of photography (dawn and sunset), but in this article I’m focusing on sunset images, which when put together with Rio’s typical landscape, the result comes usually full of amazing pictures. Some of the best places to watch the sunset in Rio de Janeiro are Arpoador and Ipanema beaches (the sun usually sets behind Dois Irmãos Mountain), Urca neighborhood (the sun sets behind Corcovado Mountain, don’t forget to grab a beer in the many bars around) and the Sugar Loaf (maybe the best, with the sun setting behind Tijuca Forest mountains). When it comes to sunset photography, there are always some days that are better than others. A heavily clouded day won’t give you the classical images, but you can still get interesting results. My favorite days for sunset photography in Rio de Janeiro are those couple of days after the rainy weather clears, when you get a crystal clear athmosphere with hundreds of miles of visibility and there are still some beautiful clouds above our heads, great allies for composition. I’ve put a selection of my sunset photos of Rio de Janeiro down below, hope you like it!

Highline no Morro do Cantagalo, Rio de Janeiro!

Adventure sports photography in Rio

Amazing highline route in Morro do Cantagalo, Rio de Janeiro, Brazil!

O ano de 2015 começou com boas fotos! Foi com o maior prazer que recebi uma ligação do Alexandre Anshul, fera do slackline carioca, convidando para fotografar sua equipe Slackline Carioca no highline no Morro do Cantagalo, Rio de Janeiro, Brasil. Além dele, estavam lá Bruno da Rocha e Paulo Ritter, além do meu amigo e também fotógrafo, Marcelo Braga. A missão começou sábado bem cedo e por volta de 8h já estávamos no topo do Morro do Cantagalo armando o highline. Com tudo pronto, foi só alegria! Com uma grande angular, o visual da lagoa ao fundo é incrível e tem toda a cara do Rio de Janeiro. Com uma lente zoom, valorizamos o Morro Dois Irmãos ou o Cristo Redentor ao fundo. Como adoro fotografar esportes radicais e atividades ao ar livre, foi um prato cheio! O acesso ao local é fácil e dá pra fotografar de vários ângulos diferentes. Para não perder nenhum momento, levei duas câmeras, o que às vezes significa a diferença entre perder um momento decisivo ou não. Espero que gostem do resultado!

Slackline and highline in Rio de Janeiro, Brazil

The year of 2015 started with some nice shots! It was with great pleasure that I received a call from Alexandre Anshul, one of the best slackline athletes in Rio de Janeiro, inviting to shoot his crew Carioca Slackline in the highline on top of Morro do Cantagalo, Rio de Janeiro, Brazil. Bruno da Rocha and Paulo Ritter were there too, as well as my good friend and also a photographer, Marcelo Braga. The highline mission started early in the morning on a Saturday and by 8am we were on top of Cantagalo Mountain (between Ipanema and the Lagoon) setting up the highline. With everything set, it’s fun time! With a wide angle, the view with the lagoon on the back is amazing, a striking landmark of Rio de Janeiro. With a zoom lens, we highlight the big mountains on the back, such as Morro Dois Irmãos and Corcovado Mountain. Since I love shooting photos of extreme sports and outdoor activities, this was just perfect! Access to the mountain is easy and there are many different angles to explore. I didn’t want to loose a single shot so I took two cameras with me, which sometimes means the difference between capturing the right moment or not. Hope y’all enjoy!

Highline na Pedra da Gávea, Rio de Janeiro!

Highline na Pedra da Gávea, Floresta da Tijuca

Sábado passado colei numa galera brabíssima do highline e tive o prazer de fotografá-los no cume da Pedra da Gávea, uma das montanhas mais insanas do Rio de Janeiro. O highline na Pedra da Gávea foi armado com uma fita de frente pra Zona Sul e outra pra Zona Oeste, garantindo fotos espetaculares pros dois lados! Além de muita concentração e coragem, a galera esbanja conhecimento de escalada e de técnicas de segurança. Pra apimentar a brincadeira, tinha uma frente fria de sudoeste entrando no final da tarde, com altos ventos e nuvens, exigindo ainda mais experiência dos atletas. Para quem não conhece o termo, o highline (também chamado de high-line ou high line) é uma vertente do slackline, quando praticado nas alturas. É muita disposição! Fica aqui uma salva de palmas pros atletas Gustavo Fontes, Matheus Barros, Alexandre Anshul e Gustavo Camargo. Obrigado pelo convite e contem comigo para documentar as próximas investidas!

Slackline and Highline in Rio de Janeiro, Pedra da Gávea, Tijuca Forest!

Last Saturday I had the chance of documenting some of Brazil’s top highline athletes on the summit of Pedra da Gávea, one of the most insane mountains in Tijuca Forest, Rio de Janeiro. The highline in Pedra da Gávea was set in two spots, one facing the South Zone and the other the West Zone, which allowed for amazing pics with different backgrounds! Besides a lot of focus and of course guts, these guys are natural climbers who know all about safety techniques. To spice things up, there was a windy and cloudy weather rolling in, demanding even more focus from the athletes. For those not familiar with the term highline (aka high line or high-line), it is an “evolution” of the slackline, when practiced in high places and mountains. Not for the faint of heart! Thanks again to Gustavo Fontes, Matheus Barros, Alexandre Anshul and Gustavo Camargo for showing me this amazing extreme sport! You can always count on me to document your next assignments!

Fotografia de Montanhismo no Rio de Janeiro, Itatiaia

O Parque Nacional do Itatiaia é um dos meus locais favoritos para fotografia de montanhismo no Rio de Janeiro, principalmente na parte alta. É onde estão as montanhas mais altas do Rio de Janeiro, em especial o Pico das Agulhas Negras, a mais alta do estado, com 2791m de altitude. No planalto de Itatiaia, as principais montanhas são o Pico das Agulhas Negras, as Prateleiras de Itatiaia e a Pedra do Altar. A maior parte das trilhas são acessíveis à maioria das pessoas, sem técnicas de escalada, basta um bom preparo físico. Além disso, as opções são infinitas, com vários outros picos, cachoeiras e travessias. Fotografia de montanhismo em Itatiaia não tem erro. Sempre que vou embora fica a sensação de que preciso voltar mais mil vezes!

Mountain Photography in Rio de Janeiro, Itatiaia National Park

Itatiaia National Park is one of my favorite spots for mountain photography, specially the highlands. It’s where the highest mountains in Rio de Janeiro are located, with Pico das Agulhas Negras being the highest one (9157ft high). In the highlands of Itatiaia National Park the most famous mountains are Pico das Agulhas Negras, Prateleiras de Itatiaia and Pedra do Altar. They are accessible to most people, with no climbing techniques required, just a good cardio and some hiking experience. besides, options are endless up there, with hundreds of climbing routes, peaks, waterfalls and long trekking trails. Mountaineering photography in Itatiaia is just great. Everytime I leave I get the feeling I must return a thousand times more!